X

blog

Museu Vintage da BMW em Pequim

09 / NOV / 2016


 
O grupo Crossboundaries, como o próprio nome sugere, é uma parceria internacional, entre arquitetos asiáticos, europeus e norte-americanos. Sua proposta é fornecer soluções espaciais que traduzam o espírito inerente ao país, bem como acessando características globalizada e tecnologia de ponta.
 
O museu, com 3.600m² de área interna, foi inaugurado há cerca de um mês na cidade de Pequim, trazendo uma proposta arquitetônica branca e minimalista, dando foco aos modelos únicos de automóveis da empresa.
 
 
O projeto remete à ideia da alta velocidade, apostando em pontos de fugas distantes e muitos planos horizontais. 
 
O elemento mais expressivo do projeto são os painéis brancos que surgem desde o teto elevado até diferentes alturas acima do observador, gerando interessantes efeitos de movimento e interatividade.
 
 
O aspecto moderno desses painéis dialoga com o design arrojado da marca internacional e destaca seus produtos, ao mesmo tempo em que traz referências ao país que o abriga, através da aplicação de tecidos vermelhos que formam pórticos e remetem aos tradicionais portões chineses.
 
 
Fonte: ArchDaily Brasil
Adaptação de conteúdo: Andrea Dias Costa