X

blog

The Crescent Office Block

06 / MAI / 2016


 

Na intersecção de duas avenidas da cidade de Surat, na Índia, esse edifício térreo de escritórios foi erguido de forma estratégica, tornando-se um marco tanto por sua  forma quanto por seu revestimento, em aço cortén. Do arquiteto Sanjay Puri, natural de Mumbai, a edificação possui diversas camadas, semelhantes a barbatanas ou escamas de peixe, que facilmente nos remete aos animais marinhos. 

A escolha pelo posicionamento na diagonal do terreno foi justamente para proporcionar bons ângulos de visão de diversos pontos, e a escolha do revestimento, sem dúvida, por relacionar-se às cores desse país, associando-se ainda à forte incidência solar durante todo o ano, que permite a essa material semi-oxidado brilhar em seu tom alaranjado.

Nos intervalos entre as camadas encontram-se as janelas, que iluminam cada um dos ambientes internos, amenizando o calor intenso da cidade. Já no centro, existe uma pequena lagoa, cercada por painéis curvos de vidro, promovendo um efeito de "envelopamento" dos interiores em relação ao lago. Por conta desses painéis e de outra generosa abertura para o quintal dos fundos, essa edificação de dimensões modestas dá uma impressão de ser mais ampla do que realmente é. Por fim, esse pequeno quintal de formato "fatiafo" segue a curvatura dos fundos da edificação, incorporando-se 100% ao projeto.

.

Fonte: Dezeen.com

Adaptação do conteúdo: Andrea Dias