X

blog

Casa de d. Dalva:melhor casa, segundo ArchDaily

15 / DEZ / 2015


 

O prêmio, promovido pelo Archdaily, o site de arquitetura mais acessado no mundo, teve mais de 55 mil votantes de vários países, que escolheram entre três mil projetos concorrentes, em várias categorias. A “Casa da Vila Matilde”, como ficou conhecida, concorreu ao Prêmio ArchDaily de melhor casa do mundo com concorrentes do Reino Unido, Japão, Eslovênia e Vietnã. Foi o único projeto brasileiro vencedor.

  

A história de dona Dalva e de sua casa foi mostrada na campanha em homenagem ao Dia do Arquiteto e Urbanista, do CAU/BR, como exemplo de que a Arquitetura, mesmo com poucos recursos, pode transformar vidas. E que construir com arquitetos e urbanistas é garantia de economia e qualidade.

Dona Dalva é uma das mais antigas moradoras da Vila Matilde. Após 30 anos trabalhando como diarista São Paulo, ela estava vendo sua casa na zona Leste de São Paulo com problemas estruturais que causaram infiltrações e a queda do teto. Com poucos recursos disponíveis, resolveu contratar três jovens arquitetos – Danilo Terra (36 anos), Pedro Tuma (38) e Fernanda Sakano (27).

A casa, toda feita em concreto, recebeu investimentos de 150 mil reais e foi projetada do zero pelo escritório Terra e Tuma Arquitetos.

Segundo Pedro Tuma, um dos responsáveis pela obra, toda a casa foi levantada em seis meses e ficou pronta em 2014.

“A casa foi toda feita em bloco aparente e até o chão é de concreto. Priorizamos a iluminação, a ventilação, um pé direito alto. Acreditamos que é possível viver bem e confortavelmente sem revestimento”.

O imóvel possui no total 95 metros quadrados de área construída, com dois quartos, cozinha, sala de TV e jantar, além de garagem e uma laje aparente. 

Para Pedro, além da importância do prêmio, esse tipo de projeto também serve para mostrar que a arquitetura é sim para todos e que não é necessário muito dinheiro para desenvolver bons projetos.

fonte: ArchDaily Brasil