X

blog

Casa D, Donova Hill Architects

25 / SET / 2015


 

A casa projetada pelo Donova Hill Architects, a partir de um pedido de Geraldina Cleary,cientista social australiana, foi moldada para acomodar todo tipo de relações, atividades e eventos, mesmo sendo uma residência de dimensões ínfimas.O espaço aconchegante e amplo ao mesmo tempo rendeu ao escritório australiano, em 2001, o prêmio Robin Boyd Award, na categoria Australia’s Most Prestigious Residential Architecture.

Para a proprietária, dividir uma casa é um importante passo para inserir-se em um contexto social de maneira eficaz. Sua experiência pessoal em compartilhar seu próprio espaço de moradia lhe rendeu grandes historias e amigos, além de crescimento pessoal. Por sua casa já passaram amigos, estranhos, parceiros de trabalho, além do próprio arquiteto da casa, Timothy Hill, e atualmente, um inquilino, o fotografo Alex Chomicz.

Um dos aspectos mais interessantes dessa residência, possivelmente o que lhe permita traduzir melhor essa sensação de bem-estar, seja a questão da indivisibilidade entre interior e exterior.  Através não só do nivelamento perfeito entre o piso da área externa e o solo natural, mas também através das generosas aberturas de janela, paredes dividindo entre os ambientes, porém que não vão até o topo, permitindo a entrada de luz, além da utilização de mobiliário também na área externa, gerando a continuidade da casa para alem de seus cômodos perfeitamente divididos.

Fonte: Revista Kinfolk